O maior evento do kartismo no sul do Brasil foi um sucesso!

O maior Endurance da história do RA RACING foi um desafio difícil de pensar no começo de 2016, e nas primeiras horas do dia 11 de dezembro o sucesso era absoluto, como o primeiro Endurance do Brasil de rental kart com carenagem. Foram 40 karts com mais de 300 pilotos participantes.

O clima foi um fator importante para a prova, em mais um evento da RA RACING a chuva apareceu e durante as 12 horas a pista teve variação de tempo de 1:14 até 1:35.

Na primeira hora de prova, com cerca de 33 voltas, a liderança estava com o kart #12 da Engelmann, seguido pelo kart #19 Monaco Pro Racing e o terceiro lugar no momento da prova era do kart #15, também da equipe Engelmann de Joinville. Neste momento a pista estava molhada, porém melhor do que começo da prova, pois a Pole Position do Endurance foi do kart #9 da Speed Kart Series pilotado por Gilberto Moises com o tempo de 1:29.

Dentro da segunda hora de prova, na volta 81, o kart #12 continuava na frente, em um disputa na pista pela liderança com o kart #8 da Open Kart, e o terceiro lugar estava com o kart #19 da Monaco Pro Racing. Na terceira hora, tínhamos uma dobradinha da equipe Engelmann com o kart #12 e o kart #14, na terceira posição continuava o kart #19, a prova estava na volta 123 neste momento.

Os primeiros 30 minutos da terceira hora a pista melhorou, formando um trilho seco, e os tempos baixaram para casa de 1:15. Na quarta hora quem assumiu a liderança foi o kart #10 da Speed Kart Series, tendo o #19 da Monaco Pro Racing na segunda posição e o #14 da Engelmann em terceiro.

Com as paradas nos boxes, muitas equipes andaram na frente, na quinta hora o líder era o #10 da Speed Kart Series, na segunda posição estava o kart #21 do Amigos de Piçarras e na terceira posição aparecia o kart #24 Unikart Racing.

A metade da prova, seis horas de competição, na ponta continuava o kart #10, mas nesse momento seguido pelo kart #37 da Alligators Arm Karting e na terceira posição o #22 da Força Livre. Os pilotos viravam em média 1:25 no momento.

Quando o relógio marcava sete horas de prova, a liderança estava com o kart #11 da Speed Kart Series, tendo na segunda posição o #22 da Força Livre e o kart #10 estava em terceiro na prova. Muitas equipes que correram apenas os Endurances realizados pela RA RACING, marcavam seus recordes de permanência em pista, já que até então o maior tempo de Endurance tinha sido seis horas de prova.

Entrando pela oitava hora os lideres eram os karts #10, #19 e #22, porém todos estavam atentos a estratégia de corrida do Kart #12, que não passava de 1 hora e 15 minutos para realizar a parada obrigatório, com isso o #12 tinha oito paradas concluídas, enquanto os rivais tinham seis, esse acompanhamento do desempenho do #12 se tornou um dos pontos interessantes até o final da prova.

Na nona hora a condição da pista não era das melhores, e os pilotos rodavam na média de 1:32. A liderança continuava com o #10, o kart #30 da Engecar/Adesca estava entre os lideres na segunda posição e o #13 da Engelmann em terceiro. Já na décima hora de prova, a liderança estava nas mãos do kart #12, seguido pelo #22 da Força Livre e pelo #13 da Engelmann, com 381 voltas completadas pelo líder.

Quando foram completadas 11 horas de corrida, o kart #12 continuava na frente, agora com o #13 também da Engelmann em segundo e com o #10 em terceiro. Todos os karts tinham que completar as 11 paradas obrigatórias de sete minutos até 11h30 de corrida. Com isso tivemos um grande número de karts nos boxes.

A última meia hora reservava fortes emoções, principalmente por que os karts #12 e #10 estavam na mesma volta e saíram dos boxes com menos de 1 segundo de diferença, e depois de 11 horas e 30 minutos de corrida, a vitória foi definida na pista com os lideres lado a lado disputando a vitória.

A vitória do kart #10 da Speed Kart Series trouxe o terceiro título de Endurances da equipe, depois de seis eventos realizados, a segunda posição ficou com o #12 da Engelmann, na terceira posição ficou o #30 da Engecar/Adesca. A quarta posição foi do #13 da Engelmann, sendo assim, a equipe de Joinville colocou dois karts entre os top 10. O quinto colocado foi o #22 da Força Livre, seguido pelo #40 da C.A. Kart na sexta posição. O sétimo lugar foi do #24 da Unikart Racing, com o #6 da Joinkart na oitava posição, a nona posição foi do #8 da Open Kart e o #28 da Keep Cooler Racing fechou o pódio na décima posição.

O Endurance 12 horas RA RACING traz um marco ao kartismo do sul do País e coloca Santa Catarina no mapa dos maiores eventos de kart do Brasil.

Por Alan Aguiar

Galeria

Vídeos

Destaque