Drift Fight foi realizado em Santa Catarina

Aconteceu em Balneário Camboriú a primeira edição do Drift Fight, onde o público pode conhecer de perto os 12 pilotos que estão participando desse novo conceito da modalidade.

Com um formato diferente, com objetivo de levar o Drift em forma de entretenimento, com pilotos de alto nível as batalhas se tornaram radicais e eletrizantes. O combate é dividido em 3 Rounds, no primeiro Round são realizadas as batalhas em dupla, já conhecidas nas competições de Drift em todo mundo.

O Drift Fight inovou e foi além, pilotos divididos em equipes de 3, disputam o segundo Round, onde os três pilotos têm que fazer o thisuim e manter a harmônia entre eles. Já o terceiro round, além de percorrer o circuito, os pilotos têm que estacionar juntos entre cones que simulam vagas de estacionamento.

O combate teve a presença do Campeão Brasileiro, Marcio Kabeça, Juba Nishimura, Campeão Paulista, Rodolfho Cunha, Vice-Vampeão Sul Americano, Didi Seki, Sergio Hanazono, Luciano Menudo, Jonathan JJ, Erick Medici, Andre Valeria, Thiago Borttoto, Marco Mansur.

No Round 1, quem levou o caneco foi Juba Nishimura, em segundo Andre Valerio, seguido por Rodolfho Cunha, Didi Seki e Sergio Hanazono.

No Round 2, em primeiro lugar ficou a equipe nº 1, formada por Marcio Kabeça, Juba Nishimura e Sergio Hanazono, em segundo a equipe 2, de Tiago Bortoto, Andre Valerio e Erick medici. Em terceiro lugar Luuciano Menudo, Marco Mansur e Rodolgho Cunha.

Já no Round 3, a equipe n° 2 com Tiago Bortoto, Andre Valerio e Erick medici, levou o caneco. A equipe nº 3 formada por, Luciano Menudo, Marco Masur e Rodolfo cunha levaram o segundo lugar.

Galeria

Vídeos

Destaque