Entrevista - Norberto Will

A RA Racing Interview conversa com o piloto Norberto Will, que teve passagens pelas pistas de terra e conta mais sobre o inicio no kart.

RA Racing Interview: Norberto, você vem batendo na trave em busca de sua primeira vitória, o que está faltando para você subir no lugar mais alto do pódio?

Norberto Will: Bem, houveram alguns fatores que impediram esta 1ª vitória, como alguns toques que acabaram tirando meu kart da pista, a qualidade dos pilotos que estão participando e um pouco mais de "calma" durante alguns momentos da prova, mas vejo que ela não está muito longe.

RARI: Você formou uma parceria com o piloto Enio Junior, como foi esse contato, e qual a sua expectativa para as próximas etapas?

NW: Na verdade, o Enio veio perguntar se já possuía algum piloto na equipe, e como tinha esta vaga em aberto, com certeza aceitei a participação, visto fortalecer a equipe e o Enio ser um piloto experiente. Esta parceria já demonstrou um bom resultado na última etapa, visto Eninho abrir caminho para minha ultrapassagem e defender o ataque dos outros pilotos.

RARI: Você é um dos poucos pilotos da NP que corre na categoria SP, qual é na sua percepção as diferenças entre as categorias, além do lastro 100kg?

NW: A qualidade dos pilotos, necessita um pouco mais de técnica e minha participação também utilizo para um maior aprendizado na categoria.

RARI: Como foi que você conheceu o campeonato RA Racing e qual foi o seu caminho até chegar ao campeonato. Nossa equipe apurou algumas imagens suas em eventos de chão batido, qual sua relação com essa categoria tão tradicional do automobilismo catarinense?

NW: Conhecia a RA pelo colega Leandro Oliveira, que convidou para participar deste campeonato, onde a qualidade dos pilotos e organização seria melhor, então resolvi arriscar. Participei do Campeonato Catarinense de Terra durante 2 anos (2004 e 2005). Acompanho o Catarinense de Terra desde 1986, e coloquei um objetivo na vida, participar pelo menos de uma prova. Então em março de 2004 aluguei um gol "quadrado" para correr em São Bento, pegando todo o Equipamento(capacete, macacão,sapatilha) do Sr. Max Mohr. Então, em Abril comprei um Gol Quadrado e fiz o campeonato de 2004 e 2005.

Como em 2006 não consegui patrocínios, e precisava investir em uma carroceria melhor, suspensão e até mesmo motor resolvi parar, pois como o investimento para andar entre os 6 primeiros seria muito alto e a dificuldade de apoio neste esporte é muito precário, abandonei de vez, passando novamente a ser um mero expectador.

Agora estou assumindo um novo objetivo que para mim este ano, é dominar mais o kart, adquirir mais experiência, visto que na terra a "tocada" é muito diferente. Que sabe no ano que vem buscar o título.

Galeria

Vídeos

Destaque