Entrevista - Marco Brasil

Hoje a RA Racing Interview entrevista Marco Brasil, piloto experiente e que buscou no kart indoor a diversão que não existe mais no kartismo profissional.

RA Racing Interview: Marco, você é um piloto experiente e considerado um dos favoritos da categoria AS. Conte ao público do RA como foi sua trajetória no kart até aqui? Quais campeonatos você já disputou? E quais são seus títulos?

Marco Brasil: Tenho disputado varias competições amadoras e profissionais. Eu estou competindo desde 2007. Quanto a competições federadas que disputei foram o Brasileiro de Kart, Campeonato Sul Paranaense, Campeonato Curitibano, Copa Pinhais, 500 Milhas KGV, mas ultimamente devido a idade e a dificuldade de patrocínios estou participando do Kartismo Amador que para mim é mais disputado que o kartismo profissional, pois o que manda realmente é a habilidade especial de cada um e não o orçamento financeiro. Como federado fui Campeão Curitibano 2009, Vice Campeão Sul Paranaense, Campeão da Copa Verão 2010, Campeão da Copa Pinhais 2012. Nos Campeonatos amadores sou o Atual Campeão do Circuito Brasileiro de Kart Indoor, Vice Campeão da Copa Paraná 2011, Vice Campeão da Copa Paraná 2012 por Equipes, Campeão da Speed Kart 2010 e Vice em 2011 e 2012. Também finalista do Brasileiro de Indoor da CBA AMIKA em duas categorias, Pesados e Super Pesados em 2012 e finalista da Seletiva Velopark ao mundial de Kart Indoor 2012.

RARI: Qual a sua expectativa para correr um campeonato tão disputado e com 10 etapas? Você tem alguma estratégia em mente?

MC: A única estratégia é acelerar e contar com um pouco de sorte no sorteio, quero me divertir muito nesta pista fantástica que é o Beto Carrero World e se tudo der certo conquistar o Título da AS, sempre respeitando os competidores dentro e fora da pista.

RARI: Como você conheceu o campeonato RA Racing e como foi participar junto com a ARASJ do Desafio das Estrelas?

MC: Eu precisava de informações sobre os Ingleses, pois iria correr o Circuito Brasileiro de Kart Indoor e procurando por vídeos acabei encontrando um site muito organizado com fotos e vídeos. Me interessei, fui acompanhando tudo sobre o RA e achei a associação sensacional, um primor. Quanto a trabalhar para a ARASJ foi uma honra, recebi o convite do Renê é foi uma experiência sem igual estar ali colaborando e fiscalizando a prova para as estrelas, não existe satisfação maior, eles, as estrelas, dependendo do nosso trabalho e o melhor foi fazer novas amizades e conhecer pessoas novas.

RARI: Você é um dos pilotos da Speed Kart 1, estamos curiosos para saber como vai funcionar essa estratégia de pista, será uma equipe de 4 pilotos, em conjunto com a Speed Kart 2 ou serão duas equipes totalmente distintas?

MC: Para falar a verdade não conversamos sobre isto, mas certamente vamos bolar algo sim, faremos uma reunião em breve para alinharmos a estratégia.

Galeria

Vídeos

Destaque