-->
News

Entrevista - Jean Lana


Na preparação para a prova de 12 horas de dezembro, vamos apresentar uma série de entrevistas com os chefes das equipes que vão participar do evento. A primeira entrevista é com a equipe CKGA, uma das mais experientes no CEKI e Jean Lana, chefe da equipe, respondeu algumas perguntas.

RA RACING INTERVIEW: Jean, poderia nos contar como surgiu a equipe equipe e a trajetória da até o momento?
JEAN LANA: Então, a equipe surgiu através do grupo que existe desde 2011 quando iniciou-se com 9 amigos e encabeçado pelo James Maul, fundador do grupo. De lá para cá muita coisa mudou, 4 presidentes já estiveram a frente do grupo, (James, Pedro, Ricardo e eu) e com essa alternância cada um teve um papel importante no crescimento do grupo. Hoje chamamos de família CKGA no verdadeiro sentido da palavra, pois ao final de cada semestre reunimos a maioria dos pilotos com suas respectivas famílias para confraternizar e em toda etapa muitos levam seus familiares para acompanhar e torcer, o campeonato CKGA hoje conta com mais de 50 pilotos e é dividido em 3 categorias. Em Endurances, em nossa primeira participação conseguimos um grande 5º lugar nas 5 horas e um detalhe chamou a atenção de muitos, especialmente a nossa, que foi uma das paradas obrigatórias, na época eram paradas de 5 minutos e em uma delas o tempo de nossa parada foi de 5:00 cravados, pensa na angústia e ao mesmo tempo, felicidade por fechar a volta sem perder a parada rsrs...

RARI: Qual foi o melhor e pior momento da história da equipe?
JL: Para nós é muito bacana participar dos endurances, nossa melhor chegada foi um 3º lugar na 1ª etapa de 2018, aliás, 2018 foi muito satisfatório para nós, conseguimos subir ao pódio nas 4 etapas e aprendemos muito com erros e acertos. Passamos muito tempo sem conseguir ter um bom desempenho, isso acaba frustrando alguns e acabam não querendo correr todo o campeonato, mas estamos nos preparando para estar entre as grandes que hoje existem no campeonato e buscar resultados expressivos.

RARI: Como a equipe se organiza para o ENDURANCE BETO CARRERO 12 HORAS?
JL: Essa é uma prova que exige bastante do pessoal de apoio e dos pilotos, montamos a estratégia nos endurances e as vezes algo dá errado, vamos tentar algo novo para este ano, tentar surpreender e chegar bem. As 12 horas é um show a parte e fecha com chave de ouro o ano da RA RACING.

RARI: O que está faltando para equipe conseguir a sua primeira vitória em endurances?
JL: Já estivemos próximo da vitória algumas vezes e como toda equipe quer vencer, estamos em busca do 1º lugar. O último endurance em junho, foi na minha opinião a etapa que mais estivemos perto da vitória, estávamos sempre entre os ponteiros desde o início da prova, mas em nossa penúltima parada quebramos na saída do box e perdemos uma volta, justamente a que ficamos atrás do líder, talvez sim talvez não, mas poderíamos ter vencido. Outras equipes também tiveram seus problemas e erros que as tiraram da briga. Vamos continuar até onde for possível com a equipe, enquanto existir pilotos para representar, eu estarei lá para fazer o meu melhor. Acredito que somos a única ou uma das únicas equipes que participou de todos as edições de endurances da RA e isso da uma grande bagagem para seguir buscando a vitória. Enfim, quero agradecer ao pessoal da RA que sempre foi parceira conosco, entendem as dificuldades que as vezes encontramos para participar dos endurances e fazem o que podem para abrir as portas. Um abraço a todos os pilotos e chefes de equipes que fazem o campeonato ser um sucesso.

0 comentários: