-->
News

Entrevista - Eduardo Guidi


O RA RACING INTERVIEW continua sua série de entrevistas com os campeões do Festival Sul-Brasileiro de Kart Indoor de 2018, fazendo um esquenta para a terceira edição do evento que ocorre em 2019. O entrevistado de hoje é o maior detentor de títulos do RA RACING CHAMP, Eduardo Guidi.

RA RACING INTERVIEW: Para aqueles que não conhecem, quem é Eduardo Guidi no kartismo brasileiro?
EDUARDO GUIDI: Comecei a correr de kart com 6 anos influenciado pelo meu pai. Corri em todas categorias profissionais, desde a cadete até a Graduados. Conquistei 4 títulos Catarinenses, Gaúcho, 2 Sul-Brasileiros, Vice Brasileiro, 7 títulos na RA RACING, entre outros. Aprendi que em todos esses anos o automobilismo te ensina a ter metas, lealdade, organização e a cima de tudo disciplina.

RARI: Você que participa também de competições profissionais, quais são as diferenças e quanto o indoor influencia para o profissional e vice-versa?
EG: São categorias bem diferentes que em alguns aspectos se completam. Costumo dizer que o segredo do rental é o piloto se adaptar o mais rápido possível ao setup do momento. Isso ajuda no profissional a ter uma leitura mais fina no acerto do chassis.

RARI: Qual a sua expectativa para sua participação no próximo SBKI e quais são teus principais adversários e aliados?
EG: Os eventos da RA RACING sempre são uma grande festa, os pilotos socializam, muitos torcem pelos próprios adversários em algumas circunstâncias. Todos esses atrativos engrandecem e fomentam o interesse de novos pilotos na modalidade. Independente do Sul-Brasileiro, Catarinense ou Endurance é sempre divertido estar na RA RACING. Existem vários nomes com chances de levar o título e espero que seja uma disputa limpa e sadia e que vença o melhor.

RARI: O que você espera para o kart indoor nos próximos anos?
EG: Primeiro de tudo espero que mude o nome de “indoor” para “Rental”, que as pessoas costumem a usar e falar desta forma. O kart Rental é somente mais uma Categoria e não outra modalidade, assim gostaria que o campeonato Rental seja uma porta de entrada para as demais categorias “profissionais” e que as corridas acontecessem nos mesmos eventos. Quando as pessoas entenderem que TUDO é kart teremos consolidação, aumentando o consumo em todos os setores.

0 comentários: