2015 S2 ETP 03 - Guidi leva a AS e Novaes a SP

As principais categorias do RA RACING CHAMP tinham decisões bem acirradas para última etapa e os resultados consolidaram os vencedores de AS e SP como grandes nomes do evento.

Na categoria SP, a disputa ficou entre Giovani Novaes e Gilberto Moises, como aconteceu em 2014 e no primeiro semestre de 2015. No ano passado o vencedor foi Gilberto Moises e no primeiro semestre o título ficou com Giovani Novaes.

Na primeira bateria a pole ficou com Giovani Novaes, que precisava terminar na frente de Gilberto para aumentar a vantagem na briga pelo título e Giovani venceu mais uma bateria no campeonato, seguido de perto por Gilberto Moises. Jorge Garcia acompanhou a briga entre os primeiros de perto e terminou em terceiro. O quarto colocado foi Andrei Ramalho, sua melhor posição em uma bateria do campeonato. Na quinta posição ficou José Velho e Roger Moraes foi o sexto.

Com o grid invertido, os ponteiros tiveram que escalar o pelotão para garantir as primeiras posições, o caminho foi facilitado em parte por uma bandeira vermelha na sexta volta que reaproximou todo o pelotão. A vitória na bateria ficou com Jorge Garcia, voltando a vencer no RA desde 2014. O segundo colocado foi Roger Moraes, seguido por Gilberto Moises em terceiro, descontando alguns pontos de Giovani. Luigi Dambros terminou em um ótimo quarto lugar, na quinta posição ficou Marcelo Magnani, seguido por Beto Chamego em sexto. Giovani Novaes rodou nas ultimas voltas e terminou em sétimo.

Somando o resultado das baterias, a vitória na etapa ficou com Jorge Garcia, sua primeira vitória em etapa e forte candidato ao título da SP em 2016. Giovani Novaes chegou em segundo lugar e garantiu o bicampeonato na SP, o terceiro foi Gilberto Moises, com Roger Moraes em quarto. O quinto no pódio foi Luigi Dambros e Andrei Ramalho fechou o pódio na sexta posição.

A categoria SP sagrou seu campeão com hegemonia em 2015, Giovani Novaes venceu os dois semestres e se consolida como um dos grandes nomes na história do RA. Giovani terminou o semestre com 163 pontos. O segundo colocado foi Gilberto Moises com 153 pontos, o terceiro foi Marcelo Magnani, sendo sua melhor participação no RA. O quarto colocado foi Marcio Correa, seguido por Tarcisio Guedim no quinto lugar, e o sexto colocado foi José Velho. Roger Moraes, Andrei Ramalho, Luigi Dambros e Charles Bonnevialle completaram os 10 melhores do semestre.

Assim como no primeiro semestre, o título da categoria AS mudou de mãos na última etapa, e pela primeira vez na história do RA, o vencedor da categoria não venceu nenhuma bateria no campeonato.

A primeira bateria teve como pole Geyson Assunção, que acabou quebrando a duas voltas do fim. A vitória da bateria ficou com Marcio Correa, sua primeira vitória na AS. O segundo lugar ficou com Eduardo Guidi, diminuindo a diferença de pontos para o líder do campeonato. O terceiro lugar ficou com Giovani Novaes, precisando assim chegar a frente de Guidi na última bateria. Eduardo Schmidt foi o quarto colocado, seguido por Gilberto Moises em quinto e André Tealdi em sexto.

Mudança no grid e indefinição no título. Eduardo Schmidt largou em 12º e conseguiu uma excelente vitória na segunda bateria. Eduardo Guidi fez uma prova para garantir o título, depois de largar em 15º e chegar na segunda posição, ainda sendo o único piloto de todas as categorias a marcar abaixo de 1:07:00 no principal traçado do kartódromo. O terceiro lugar ficou com André Franco, seguido por Geyson Assunção na quarta posição. Em quinto chegou Ricardo Salvador e Gustavo Todescat foi o sexto colocado.

A classificação geral da etapa levou ao lugar mais alto do pódio, Eduardo Guidi, tornando-se tricampeão do RA RACING CHAMP na categoria AS, em segundo ficou Eduardo Schmidt, sua melhor participação no RA RACING CHAMP. A terceira posição ficou com Marcio Correa, o quarto colocado foi André Franco. Giovani Novaes terminou na quinta posição e Gilberto Moises ficou com o sexto lugar no pódio.

O campeonato teve como campeão, Eduardo Guidi, com 156 pontos. No segundo lugar ficou Giovani Novaes com 143 pontos, o terceiro foi Ricardo Salvador somando 126 pontos, seguido por André Franco como os mesmos 126 pontos na quarta posição. Marcio Correa foi o quinto com 125 pontos e Eduardo Schmidt terminou em sexto com 116 pontos. André Tealdi, Geyson Assunção, Gilberto Moises e Charles Bonnevialle foram os 10 melhores do semestre.

As categorias AS e SP podem reservar boas surpresas no próximo ano, com a chegada de novos pilotos e a evolução de muitos pilotos do grid.

Por Alan Aguiar

Galeria

Vídeos

Destaque