Rental Kart busca seu espaço

O kartismo brasileiro passa claramente por um período de transição, se antes, até os anos 2000, os rental karts eram muito caros, atualmente estão tomando destaque nos kartódromos. Esse fenômeno de crescimento tem vários fatores, que vão desde o aumento tecnológico e barateamento de valores mecânicos, ao altíssimo custo para manutenção de um kart profissional.

O RA RACING começou sua jornada em 2006, com um grupo de amigos que se juntaram para correr. Na época, corriam apenas em pistas indoor, em estruturas ainda precárias. Uma mudança significativa ocorreu na temporada 2012, vendo o aumento constante de kartódromos oferecendo o rental kart, o RA RACING se lançou para outros desafios. Com etapas em Florianópolis, Indaial e Penha, o campeonato mostrou aos kartódromos que o rental kart pode ser rentável.

Em 2013 o crescimento de pilotos foi de mais de 300% e com isso muitas propostas de sede para as etapas surgiram, porém o RA RACING manteve suas etapas no Kartódromo Internacional do Beto Carrero, em Penha, considerado por muitos profissionais e amadores, o melhor kartódromo do sul do País. Temos em 2014, um número de pilotos, superior a campeonatos profissionais, com visibilidade igual ou até mesmo superior. Pilotos que disputam o RA RACING atualmente são conhecidos no cenário nacional e preferiram correr no rental kart. Nesta categoria os equipamentos são iguais à todos ao contrario do profissional, no qual equipes com mais dinheiro conseguem ter melhores equipamentos e resultados.

Seguindo o crescimento do rental kart, muitos kartódromos que recebiam apenas provas profissionais, passaram a investir no rental. Desta forma, o kartódromo mantêm o movimento durante todos os dias da semana, aumentando a rentabilidade. Com isso, pessoas que sempre tiveram o sonho de correr, mas não tinham dinheiro para participar de campeonatos profissionais, vêm a oportunidade da realização do sonho no RA RACING, onde a compra de equipamentos de proteção básicos, permitem o piloto a disputar o campeonato. Para os ex pilotos profissionais, que não conseguiram manter o alto custo de um campeonato profissional, a categoria AS, criada especialmente para esse público, coloca frente a frente pilotos de diferente gerações.

A RA RACING visa a popularização do rental kart, sendo este um celeiro de futuras promessas do automobilismo brasileiro, que perdeu excelente pilotos durante anos, pelo alto custo imposto pelas competições. Quando mais pilotos forem criamos, mais vencedores teremos.

Por Alan Aguiar

Galeria

Vídeos

Destaque