Entrevista - Allan Becker

Hoje a RA Racing Interview conversa com Allan Becker, atual campeão da RA RACING CUP e um dos destaques das ultimas etapas do campeonato RA RACING. Além de correr em família tem grande experiencia no kartismo.

RA Racing Interview: Allan Becker, você é um piloto com experiencia no automobilismo, tanto amador quanto o profissional, conte a equipe do RA Interview e leitores do portal, como foi seu começo no kart e o desenvolvimento da sua carreira até hoje?

Allan Becker: Vim do Rio Grande do Sul onde a cultura automobilistica é muito forte, desde cedo convivi com o kart, com 5 anos comecei a incomodar o pai para andar de kart indoor, fui gostando e com 10 anos fiz escolinha de pilotagem no kartodromo de Tarumã e de lá pra ca vim participando de tudo quanto possivel para brincar de kart. Os eventos de endurance são os que mais curto participar, tanto que ja meu primeiro evento profissional foi um endurance no Velopark e um dos mais importantes pra mim foi as 500 milhas do BCW em 2011.

RARI: Na última etapa, do campeonato RA Racing você levou mais dois troféus para casa, um quarto lugar na categoria AS e um primeiro lugar na categoria SP, você não teve um bom começo na competição, encontrou sua melhor forma? Quais as suas expectativas para o restante da competição?

AB: Tive um inicio de temporada regular, um pouco fora de forma pois o ano de 2012 fiquei "parado", Agora que o pessoal esta cansando que to começando a me encontrar, mas não creio que tenho muitas chances de melhorar no campeonato, pois estou muito para traz e o nivel dos pilotos do campeonato é muito elevado.

RARI: No mês passado você sagrou-se campeão da RA RACING CUP, evento que reuniu mais de 60 pilotos de quatro estados do pais. Como foi participar deste evento? Tinha expectativa de sair campeão? Este título lhe ajudou a conquistar bons resultados no campeonato RA Racing 2013?

AB: Sempre que entro em um evento, entro com a expectativa de sair campeão, no RA RACING CUP não foi diferente. Mas ter expectativa e chance é diferente, visto que tinham somente pilotos de alto nivel e com grande experiencia no kartismo. Tive sorte nas baterias, onde pude ajudar e ser ajudado pelo piloto e amigo Luiz Maul que com certeza fez a diferença para eu me classificar para a semi e final. A grande sorte do dia ainda foram os pingos de chuva que cairam nas ultimas voltas da final.

RARI: Você participa de muitas competições ao lado de seu pai Nino Becker, como é esta relação de competir em familia?

AB: Basicamente todas as competições corremos juntos, desde que comecei a correr, muitas vezes na mesma equipe e algumas um contra o outro. É muito bom ter um parceiro sempre para correr, sem tempo ruim, sempre disposto a correr. Herdei do pai esse gosto por velocidade, ja que ele corria de rally na decada de 70.

RARI: Qual sua opinião sobre o kartismo profissional e amador em Santa Catarina, existe um futuro para o esporte no estado?

AB: Sim, Santa Catarina está cada vez mais levando o esporte a serio, investindo em estrutura e eventos que chamam mais adeptos ao esporte. Ainda temos muito a aprender, mas está no caminho certo!

Galeria

Vídeos

Destaque