O RA RACING Interview está de volta, com entrevistas com os novos pilotos de 2015, e para a estréia, temos o bate papo com o novato vitorioso, vencedor da primeira etapa da AS, a principal categoria no RA RACING, ele é Gustavo Todescat.

O piloto de Joinville agradeceu a oportunidade de participar da entrevista, e elogiou a organização do campeonato. “me surpreendi muito participando da etapa”, revelou ao portal do RA.

Sobre sua carreira no kart, ele começou em Joinville em 1996 quando tinha 12 anos na categoria Júnior Menor. Nos anos seguintes ele teve a oportunidade de correr de 125cc até chegar a categoria Graduados A, que na época era a principal categoria do kart nacional. “Nesses anos em que me dediquei a fundo ao Kart corri os principais campeonatos do Brasil (Brasileiros, Panamericano, Paulista, Sulbrasileiro entre outros). Sou muito grato ao Kart pelos ensinamentos que o esporte me proporcionou e por com tão pouca idade ter a oportunidade de viajar e competir em alto nível por todo o país.”

Gustavo parou de correr totalmente em 2005, “Conto nos dedos as vezes que sentei em um Kart durante esse longo período. Em 2014 através de um convite da equipe de Joinville Engelmann 77, voltei as pistas para disputar as 500 milhas de Kart da Granja Viana. Com nosso excelente resultado, novamente me motivei a participar das competições. Em 2015 irei focar nas provas de longa duração e no RA RACING.”

Na primeira etapa do ano, Gustavo surpreendeu a todos com a vitória, ele revela que ficou contente com a vitória, e não esperava ganhar logo na primeira etapa, ainda mais sabendo do alto nível dos pilotos. Sendo um campeonato de apenas 3 etapas, é impossível não colocar o vencedor da primeira etapa como um dos favoritos ao título, porém não é o que pensa Gustavo. “Hoje não consigo me colocar como favorito. Certamente o RA me ajudará muito a voltar a ter um bom ritmo de corrida, e por consequência sucesso nas próximas etapas. Diferente do meu início hoje encaro o kartismo como um hobbie de fim de semana, estou me divertindo muito.”

Quando o assunto é a preparação para a próxima etapa, ele afirma que a cada prova espera relembrar todos os anos que viveu intensamente no kart. Para Gustavo, isso certamente o fará mais competitivo, pois hoje está melhorando o condicionamento físico e mental para voltar a velha forma.

Nos resta aguardar a próxima etapa da AS, para sentir se a pressão da liderança do campeonato irá afetar o desempenho de Gustavo.

Por Alan Aguiar
 

últimas

Galeria

Vídeos

Destaque